sábado, 14 de janeiro de 2012

Mercedes apela para imagem de Che, o capitalismo usa até um dos maiores ícones do socialismo para vender... Ô diacho!


Depois de que a Mercedes Benz utilizou a imagem de Che para um ato de publicidade, um grupo de burgueses no exílio (seu habitat natural quando a democracia popular está no poder) se manifestaram contra a propaganda.

Mercedes Benz disse que com a imagem de Che tentou representar “A revolução dos automóveis capacitada pelas novas tecnologias, em particular aquelas associadas com a conetividade”.

“Daimler AG (nome da companhia proprietária da marca Mercedes) não estava aprovando a vida ou as ações da figura histórica ou a filosofia política que ele defendia. Pedimos perdão a aqueles que se sentiram ofendidos”

Entendemos que a Mercedes com esta frase concreta: “Tentamos a revolução nos automóveis” o que faz é reconhecer a condição revolucionária do Guerrilheiro Heroico e, como sabem, todo revolucionário tem a honra de pertencer o escalão mais alto da espécie humana. A Mercedes pediu perdão a quem se sentiu ofendido, ou seja aos fascistas, mas não por usar a figura do Che.

Para encerrar, a nós não nos importamos uma merda do que a Mercedes faça ou diga. Nem o mais alto de seus executivos chegam na sola do sapato, não somente de Che, como de qualquer trabalhador com consciência de classe.

Fonte:

http://www.insurgente.org/index.php?option=com_content&view=article&id=10115:mercedes-benz-utilizara-la-imgane-del-che&catid=99:mundo&Itemid=529

Nenhum comentário:

Postar um comentário